(Foto: Banco Central)

O Banco Central anuncia um novo sistema de pagamento instantâneo que passará a funcionar em novembro nas principais instituições financeiras do país.

A ferramenta, batizada de PIX, vai permitir que correntistas de diferentes bancos façam transações e pagamentos na hora, em qualquer estabelecimento ou mesmo no transporte público. Para isso bastará ter os dados pessoais do destinatário ou usar o sistema de QR code.Também será possível transferir dinheiro para outra pessoa ou empresa instantaneamente.

Isso mesmo se o destinatário tiver conta em outro banco, sem a necessidade de fazer um DOC ou TED. O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, ressalta que a novidade vai diminuir custos:

 

Um dos objetivos, segundo o Banco Central, é a aumentar a competição entre as instituições financeiras. O diretor de organização do sistema financeiro do Banco Central, João Manuel Pinho de Melo, destaca as vantagens da ferramenta:

 

Até novembro, os bancos, tradicionais ou digitais, deverão oferecer a ferramenta dentro de seus aplicativos de celular. Boletos, contas e até impostos poderão ser pagos pelo PIX.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome