Foto: Divulgação/HC

“A cada dia, 45 mil pessoas circulam pelo Hospital das Clínicas que conta com 20 mil funcionários. Se o HC fosse uma cidade, estaria entre as 50 mais populosas do Estado de São Paulo”, afirma o engenheiro e administrador Antônio José Rodrigues Pereira, superintendente do complexo.

Nos corredores, ele é conhecido como “Tom Zé”, sem qualquer relação com o artista e músico baiano. “Minha mãe sempre me chamava de “Tô Zé” quando queria falar comigo. Assim, começou”.

Antônio José Rodrigues Pereira iniciou a carreira na iniciativa privada. Foi chefe de gabinete do HC de 2011 a 2014, quando assumiu a superintendência e passou a ser o principal responsável pela gestão do Hospital.

No quadro “Cidade em Retratos”, ele fala sobre a vida pessoal e a rotina de trabalho no complexo.

Ouça a reportagem de Arthur Covre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome