Um computador conectado à internet ou um smartphone podem te colocar em contato direto com um médico e eliminar os riscos de enfrentar o pronto-socorro lotado, caso você não tenha um quadro de saúde considerado grave.

A telemedicina se tornou uma aliada no combate ao coronavírus em países como a China e os Estados Unidos.

Mais informações com Sandro Badaró:

 

Ouça a entrevista completa com o professor da Faculdade de Medicina da USP, chefe da disciplina de telemedicina, Chao Lung Wen:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome