O Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, divulgou uma nota nesta quinta-feira (19), na qual afirma ser lamentável que o embaixador da China endosse ou compartilhe postagens ofensivas ao Brasil.

O material faz referência às críticas feitas pelo Deputado Eduardo Bolsonaro pela internet em que ele “culpa” a China pela crise mundial do coronavírus.

Em resposta, a Embaixada chinesa ressalta que atitude do deputado é “irresponsável e soam familiares” e “ao voltar de Miami, contraiu, infelizmente, vírus mental que está infectando a amizade entre os nossos povos”.

A nota do Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, destaca que as críticas chinesas não refletem a opinião do Brasil e que a ação tomada pelo embaixador chinês feriu a boa prática diplomática.

O chanceler afirmou que já comunicou a insatisfação e espera uma retratação por parte do embaixador. Ernesto finaliza o texto explicando que vai conversar com o Deputado Eduardo Bolsonaro para que seja formado um entendimento pacífico entre ele o embaixador da China.

Ontem, após o caso, o Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, pediu desculpas e chamou a fala de Eduardo Bolsonaro de “palavras irrefletivas”.

Confira a nota na íntegra:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome