O PT ainda quebra a cabeça para decidir como serão produzidas as peças da propaganda eleitoral no rádio e na TV, sem a presença de Lula nas gravações.

Pela legislação, o candidato precisa aparecer em 3/4 do tempo disponível ao partido e ainda não está claro se Fernando Haddad, como vice, poderá substituir o ex-presidente, que está preso em Curitiba.

Foto: Sérgio Lima/PODER 360

A legenda também não definiu como será feita a distribuição do Fundo de Campanha e vai esperar até o dia 15 para discutir a inelegibilidade de Lula no TSE.

2 COMENTÁRIOS

  1. povo fala tanto que lula e ladrao podia a justiça libera ela e deixa o povo decidi nas urnas realmente eles sabem ser for solto ele sara eleito o povo da classe A tem medo do velhinho kkkkkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome