Um dos processos que envolve o Grupo J&F acaba de cair nas mãos do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal no Rio de Janeiro.

O caso é o que apura o uso de doleiros pelos irmãos Joesley e Wesley Batista para o pagamento de propina a autoridades no Brasil.

Segundo as investigações, a companhia criou duas offshores apenas para movimentar os recursos ilícitos.

A decisão de enviar os autos foi tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome