Temendo novos desgastes ao governo Michel Temer, já bem arranhado, o Palácio do Planalto cancelou um pregão em que gastaria R$ 5 milhões na compra de novos veículos para a equipe de segurança da Presidência da República.

O valor seria “investido” na aquisição de 12 automóveis blindados e outros 18 para escolta.

Os mais caros saíram R$ 228.000,00 cada um, mas ninguém quis assumir a “bomba”.

edital-pe-no-010-2018-gsi-pecas-radio-motorola

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome