Não está nada definido na disputa à presidência do Senado.

O assunto fervilha na Casa com a saída de Eunício Oliveira (MDB-CE), mas ainda não há um nome que se aproxime do consenso.

A expectativa é de que o próprio MDB siga no comando, mas como Jair Bolsonaro levou a melhor sobre Fernando Haddad, o PSL pode entrar na briga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome