A Burigotto terá de pagar uma indenização de R$ 300 mil aos familiares de um bebê que morreu asfixiado enquanto dormia num berço dobrável importado e vendido pela marca em 2015.

A determinação é do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. A empresa tinha sido condenada no mesmo ano, mas recorreu da decisão e o recurso não foi aceito.

A Burigotto afirma que vai analisar os termos da decisão e apresentar novo recurso. “Será considerado o teor do laudo pericial produzido no processo, que foi totalmente favorável à empresa”, diz, em nota.

O bebê tinha seis meses e morreu asfixiado sufocada entre o vão da lateral do berço e o colchão. O caso foi registrado em São Lourenço, no sul de Minas Gerais.

Na época, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) determinou a retirada do berço modelo Nanna do mercado. Estudos do órgão apontaram que o espaçamento indevido entre as laterais e extermidades do berço e do colchão poderiam colocar as crianças em situação de risco.

Logo depois, a própria Burigotto anunciou um recall do produto.

Mais tarde, o Inmetro também anunciou o aperfeiçoamento das normas técnicas para a produção e importação de berços no Brasil.

20 COMENTÁRIOS

  1. Não sou especialista, mas criei meus 2
    Filhos em um berço dobrável idêntico a este. O problema, pelo que li, parece ser que a criança não foi enrolada em um pano, conforme e determinado no Canadá. Está forma de enrolar o bebê evita dele se
    Mexer, pois ele se sente todo envolvido igual a barriga da mãe. Isso permite que somente quando o bebê já está com 6-8 meses,
    Mais fortinho e capaz de se sair de uma situação de asfixia, ele o consiga.

    O Brasil precisa muito parar de dar dinheiro de graça e investir em educação e saúde. Só assim reduziremos a banalização da vida humana neste país, república das bananas.

    • Seus filhos ficavam enrolandos com 6 meses??? Poxa bem estranho… Com 6 meses a criança já não para mais enrolada. Isso é para crianças de no máximo 3 meses. Como você pode fazer um comentário desses tão frio e cruel??? Aff… Se um de seus filhos morressem de uma forma tão trágica, gostaria que vc tivesse esse tipo de #ficaadica. Do tipo: A culpa foi sua…

      • Esse cara é um babaca, minha filha andou com 9 meses.
        Com 6 meses ela pulava fora do berço.
        O cara não sabe nada
        fica falando as neras

      • Com certeza esse cara somente “participava” da criação de seus filhos dando uma olhadinha, nem se quer deve ter trocado uma fralda, para saber que um bebê de seis meses não sossega e outra coisa, estamos no Brasil onde faz calor o ano todo. Infelizmente essa falta de se colocar no lugar do outro, torna as pessoas frias assim.

    • Verdade, você não é especialista. Fica quieto. Se não tem nada pra dizer que vá edificar , é melhor nem falar nada. Um dos grandes problemas hoje no Brasil é as pessoas culparem sempre a vítima. Isso é lamentável!

    • Babaca, se seus filhos ficava enrolado em panos com seis meses de idade.
      Se o ministério público diz que está errado, tem que considerar sim a indenização.
      Chega desses milionário querer comprar os pobres.
      Tem que pedir uma indenização milionária, nem assim paga a vida de um ser inofensivo.

    • Vc é uma pessoa sem sentimento…pq aonde q uma criança de 6 meses vai dormir sem se movimentar nojo de pessoa

  2. Pergunta simples: foi seu filho que morreu asfixiado. Você é perito ou especialista em segurança ou algo parecido. Realmente é necessário investir em educação no Brasil. Mas infelizmente, bom senso não se ensina em escola.

  3. Como tem pessoas que entra pra falar besteira bebe de 6 meses ficam enrolada a minha bebe com 2 meses não ficava enrolada mais imagina 6 meses

  4. Muita crueldade,um comentário desses…
    Não sabe a dor da perda de um filho, espero que nunca passe por isso.
    Seja mais humano nos seus próximos comentários meu caro.
    E outro ,bebê que fica enroladinho com 6 meses é piada né…. só se for de brinquedo.
    Mais compaixão na próxima ok……

  5. Na época do acontecido, minha bebê dormia em um bercinho desse, pegue ela nesta mesma posição entre o colchão e o berço, logo desfazemos do berço, ele realmente é muito perigoso!!!!

  6. Comprei um berço desta marca quando minha bebê nasceu, pesquisando no google li sobre este caso. Nem cheguei a usar de tão apavorada que fiquei. Está lá guardado pra ela brincar quando estiver maior com as bonecas .
    Quanto ao comentário deste ser acima, eu prefiro nem comentar, porque não consigo entender como uma pessoa consegue culpar a vítima e inocentar os culpados.
    Uma outra observação, ele tenta menosprezar o Brasil, fazendo comparações com Canadá. ME POUPE
    Falar que o Brasil precisa parar de dar dinheiro de graça…. absurdo! SER SEM NOÇÃO.
    Uma vida que não tem preço se foi por incompetência do fabricante. Isto é dinheiro de graça?

  7. Meu bebê tem 3 meses e não fica enrolado de maneira nenhuma , imagina com seis meses , vou ter que baixar o nível do berço……… As crianças hoje em dia não fica quintinha não, só falta nascer falando…… Lamentável o acontecido, que Deus conforte o coração da família e que a justiça seja feita a pesar de não trazer a criança de volta , lamentável o comentário mais infelizmente ainda tem gente neste mundo que não pensa antes de falar ou escrever…….

  8. Com certeza esse cara somente “participava” da criação de seus filhos dando uma olhadinha, nem se quer deve ter trocado uma fralda, para saber que um bebê de seis meses não sossega e outra coisa, estamos no Brasil onde faz calor o ano todo. Infelizmente essa falta de se colocar no lugar do outro, torna as pessoas frias assim.

  9. Se enrolar um bebê de seis meses em panos pode causar até a morte dele por asfixia e calor. Esse cara deve ser representante da empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome