Hoje é o Dia Mundial do Meio Ambiente, e a BandNews FM continua levando ao ar reportagens especiais sobre o que a sociedade pode fazer para melhorar os índices de reciclagem no Brasil.

O terceiro capítulo mostra como as empresas estão atentas às mudanças de hábitos do consumidor, que dizem preferir comprar produtos com características sustentáveis e estão até dispostos a pagar mais por eles.

A Unilever se comprometeu a oferecer 100% de embalagens de plástico recicláveis, reutilizáveis ou compostáveis até 2025; no Brasil, a marca Omo acaba de lançar uma campanha sobre o tema chamando os clientes para reciclar as embalagens.

“É uma questão de conscientização das próprias marcas, mas também, obviamente, uma forma de conquistar a preferência do consumidor”, admite a diretora de marketing Giovanna Gomes.

Responsabilidade compartilhada

As empresas também precisam cumprir a legislação nacional, que já coloca os fabricantes como corresponsáveis pela destinação correta do lixo no país. “O consumidor tem um papel, a área pública tem um papel e as indústrias, também. A própria Política Nacional de Resíduos Sólidos fala isso, é uma responsabilidade encadeada e compartilhada”, diz a gerente de comunicação corporativa da Nespresso no país, Cláudia Leite.

A empresa mantém um centro próprio de reciclagem na região metropolitana de São Paulo, para onde vão as cápsulas de alumínio usadas.

Em abril, a Diageo, dona de marcas como Ypióca e Johnnie Walker, inaugurou um instituto para promover, entre outras bandeiras, a da sustentabilidade; a empresa já mantém, há dez anos, o “Glass is Good”, programa de logística reversa, que está para se tornar o sistema “oficial” do setor de bebidas.

O varejo tem papel importante nesses programas. “A partir do momento em que o varejo entende que reciclar é bom para a marca, ele investe em iniciativas assim, instalando pontos de coleta nas lojas”, diz o sócio-diretor da consultoria GS&Consult, Jean Paul Rebetez.

Confira abaixo o terceiro capítulo da série “Lixo é coisa séria”:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome