O conceito de família está em transformação. O divórcio e os novos casamentos não são mais casos raros. Assim como não é incomum a produção independente, os pais ou mães solo… Mas como dar conciliar a vida amorosa e os filhos? Como equilibrar os pesos na balança da vida pessoal?

Quando falamos de crianças, o importante é avaliarmos o momento certo para assumir um novo parceiro, um novo relacionamento? Nem sempre as coisas saem como o esperado. E aí, o que fazer?

Para te ajudar a encarar sem medo o namoro dos pais solteiros ou divorciados, nossa dica é o site “Psico.online“. Lá está disponível o artigo “Madrasta, virei uma. E agora, como faço?”
( http://psico.online/blog/madrasta-virei-uma-e-agora-como-faco/ ). Vale a pena a leitura!

Até a próxima dica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome