Que estamos na era tecnológica não é novidade para ninguém, mas o acesso aos aparelhos acontece cada vez mais cedo. De outubro de 2018 a setembro deste ano, passou de 23% para 30% a proporção de crianças entre 4 e 6 anos que possuem um smartphone próprio. Os números são da pesquisa “Crianças e smartphones no Brasil”, feita pela Mobile Time e Opinion Box.

Se você quer entender mais sobre os efeitos dos eletrônicos na molecada vale a pena ler o artigo “Celular e tablets para crianças: passar muito tempo usando eletrônicos pode prejudicar desenvolvimento”, de Michelle Roberts. O material está disponível no site da BBC News Brasil. O link é: https://www.bbc.com/portuguese/geral-47036386

Até a próxima dica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome