Após nomeação no Hall da Fama, Ana Marcela Cunha celebra Circuito Mundial

    0
    65

    A atleta da maratona aquática Ana Marcela Cunha aumentou a coleção de medalhas neste sábado (07), ao subir no lugar mais alto do pódio pela oitava etapa da FINA Marathon Swim, no Taiwan. A baiana venceu a prova dos 10km com o tempo de 2h02m37, seguindo forte na briga pelo pentacampeonato do Circuito Mundial.

    Esta foi a nona medalha de ouro de Ana Marcela na temporada, em 12 provas internacionais disputadas.

    Com vaga garantida para disputar a terceira Olimpíada da carreira, Ana Marcela vai tentar melhorar a posição no ranking mundial. Atualmente é a segunda colocada, já que perdeu duas etapas, ambas realizadas no Canadá, por causa da participação nos Jogos Pan-Americanos.

    Em Lima, Ana Marcela fez história ao conquistar a primeira medalha de ouro para o Brasil na modalidade, na prova dos 10Km, superando a argentina Cecilia Biagioli e a brasileira Viviane Jungblut.

    Eleita cinco vezes a melhor do mundo, Ana Marcela foi nomeada no mês passado para o Hall da Fama da Maratona Aquática, na Universidade Santa Cecília, em Santos. Ela recebeu a honraria das mãos do nadador Igor Souza, que também entrou para o seleto grupo em 2004. Poliana Okimoto (2018), Ricardo Ratto (2017) e Abilio Couto (2001) completam a lista dos brasileiros no Hall da Fama.

    Créditos: UniSanta. Ana Marcela recebe o certificado do Hall da Fama de Igor Souza, nadador que foi consagrado com a honraria em 2004.

    Ana Marcela Cunha ainda sonha com uma medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Em Pequim 2008, ficou em quinto lugar. Nos Jogos de 2012, não obteve índice para participar e na Rio 2016, terminou em décimo primeiro lugar.

    A atleta da UniSanta conseguiu a classificação para os Jogos de 2020 no Mundial da Coreia do Sul, que foi realizado em julho. Na ocasião, ficou em quinto lugar na prova dos 10km. Nos 5km, ganhou a medalha de ouro, se tornando a atleta com o maior número de medalhas no Mundial. Na prova dos 25km também ganhou o ouro, se tornando tetracampeã mundial nesta distância.

    Confira a entrevista exclusiva para a rádio BandNews FM:

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Deixe seu comentário!
    Por favor, informe seu nome